Google+ SOMBRAS DA MEMÓRIA: 26/out/2007

Translate/traduza

Pesquisar na web

Escrevendo o Amor...









Escrevo o Amor no vestígio dos teus passos,



olho-te no espaço, enquanto a tua ausência ainda o é...



Amanhã não existirão marcas, odores ou sensações



presas entre dois tempos...






Amanhã o ontem será apenas memória,



a memória que fica quando tudo parte...



Amanhã, não serei capaz de decifrar o teu rosto,



ou amadurecer a tua expressão em mim...






Amanhã... Será um nada, pouco menos nada,



que o depois de amanhã...




LinkWithin

Related Posts with Thumbnails