Google+ SOMBRAS DA MEMÓRIA: 12/dez/2007

Translate/traduza

Pesquisar na web

...Não sei como te definir...






Ardente, o teu corpo contorcia-se de prazer,



na loucura que a linha do teu corpo desenhava...


Soltavas os cabelos e mordias os lábios



num gemido agudo e selvagem...


Acordavas nos movimentos



a côr vermelha do extase...


Dançavas uma dança sem nome



num corpo aberto ao imaginário...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails