Google+ SOMBRAS DA MEMÓRIA: 27/jun/2011

Translate/traduza

Pesquisar na web

Conta-me...









Diz-me como eram os meus olhos,
fala-me da côr dos meus lábios
depois de um longo beijo...
Fala-me do meu sorriso,
diz-me, se ainda fores capaz...
Fala-me das palavras que te dizia,
mostra-me os vestígios de mim...
Diz-me como eram os meus gestos,
fala-me do calor e do frio...
Diz-me que sonhei no teu peito,
lembra-me a esperança e a vida..
Fala-me do tempo sem tempo,
conta-me uma história sem idade,
fala-me da roupa que usava,
mostra-me os lugares onde vivi...
Diz-me como acariciava os teus cabelos,
fala-me do barulho dos meus passos...
Diz-me o que sentias
quando me tocavas...
Diz-me se tinha um nome,
alguma coisa inconfundível...
Fala-me dos meus medos
e angústias...
Diz-me que um dia fui feliz,
fala-me desse dia,
diz-me se foi longo,
fala-me do vento e do sol,
fala-me do som da chuva,
inventa algo
que prove a minha existência...
Diz-me que nos amámos
até à exaustão,
fala-me de nós,
como se tivessemos
existido...


Barão de Campos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails