Google+ SOMBRAS DA MEMÓRIA: Doce Primavera...

Translate/traduza

Pesquisar na web

Doce Primavera...









Lembro os rios que navegavam
nas tuas veias, onde reluziam
peixes diamante...
Lembro-me das tuas roupas coloridas,
dos estampados e desenhos bordados...
Lembro-me da forma como cruzavas 
as pernas e expunhas os joelhos...
Lembro-me das cerejas que partilhávamos
do mesmo cartucho, enquanto passeávamos
pelos jardins raiados de sol...
Lembro-me de correres para mim
e os teus lábios selarem-se nos meus...
Lembro-me do teu sorriso, doce e meigo,
absorver-me, tocar-me, ser-me em ti...
Lembro o regresso das mesmas andorinhas,
da melodia que inventavam só para ti...
Lembro-me das flores que coloriam
os teus dias, nas manhãs verdes luz...
Lembro-me dos teus olhos verdes
no contraste dos teus lábios vermelhos...
Lembro-me das tuas mãos desenhadas
nas palmas das minhas...
Lembro-me de ti, da forma como
amavas, sentias, gemias ou choravas...
Lembro-me de ti quando adormecias
no meu peito e a tua respiração fluía
em sincronia perfeita com a minha...
Lembro-me dos teus gestos e da expressão
do teu rosto...Sinto-a em mim...
Lembro-me da forma como te movias,
do movimento dos teus passos,
da dança das tuas ancas...
Lembro-me do timbre da tua voz,
cristalino, sensual, doce e quente...
Lembro-me das nossas noites
nascidas dos nossos desejos...
Lembro-me dos nossos sonhos,
e do desejo neles contido...
Lembro-me de ti,
como se continuasses,
na manhã seguinte...
Lembro-me de ti,
como tu desejarias
que me lembrasse...
Lembro-me de ti,
como uma Doce Primavera...

Carlos Barão De Campos

4/3/2013 

2 comentários:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails